Blog

Passo 1 – Mental: Conhecer a atividade e querer fazer

Passo 1 – Mental: Conhecer a atividade e querer fazer

 

O primeiro passo para busca de uma Vida Ativa é o MENTAL. Conhecer os diversos tipos de modalidades existentes (academia, caminhadas, futebol, basquete, tênis, etc.) e Querer Fazer essas atividades se tornam os pontos chaves dentro do processo em busca de uma melhor Qualidade de Vida.

 

Embora alguns exagerem, a frase “Querer é Poder” tem muita verdade. Atletas sabem que bater um recorde não é resultado de simples preparação física, mas do cultivo da MENTE e PENSAMENTO. Do mesmo modo, muito que fazemos, emoções que sentimos e até doenças que sofremos têm sua origem nos PENSAMENTOS. Todos somos donos dos nossos Pensamentos. E como tal, com maior ou menor dificuldade, podemos nutri-los, dirigi-los, expandi-los, reduzi-los ou rejeitá-los. (1)

 

No início o que leva as pessoas a realizarem atividade física é a NECESSIDADE (doenças, recomendação médica, obesidade) e VONTADE  de fazê-los (atletas ou estética). (2)

Os Motivadores:

  • MOTIVOS-FIM: desejo ficar bem, boa saúde, perder peso, ficar atraente, etc.
  • MOTIVOS-MEIO: exercícios como lazer, prazer jogador futebol ao fazer um gol, tenista ao jogar tênis.

 

Dentro de um Treinamento Físico adequado existem os Princípios Biológicos. Um dos principais deles dentro do contexto mental é o Princípio da CONSCIENTIZAÇÃO:

 

Princípio da CONSCIENTIZAÇÃO – engloba não só a Realização do Exercício, mas também Compreensão dos Verdadeiros Motivos de sua Aplicação, obtendo-se, desse modo, resultados mais eficientes. O praticante canaliza sua expectativa para os Aspectos Motivacionais e, por isso, a proposta de trabalho deve ser transmitida aos praticantes de forma a relacionar os objetivos, os meios e os métodos empregados no planejamento, tornando o processo de treinamento mais eficaz. (3)

 

 

Capacitar seu cérebro com Vontade, escolher a atividade física a se realizar, buscar uma meta e motivação será essencial para obter os resultados e sonhos almejados.  Devemos estimular nosso lóbulo frontal, controlar nossos pensamentos com atitude para buscar um estilo de vida mais saudável.

 

Cada órgão do corpo foi feito para ser servo da mente. A mente é a capital do corpo.  A mente controla o homem todo. Todas as nossas ações, boas ou más, tem sua origem na mente. (4)

 

O cérebro é o órgão e instrumento da mente, e controla o corpo todo. Para as outras partes do organismo serem sadias, tem de o cérebro ser sadio. (5)

 

A atitude mental é a criadora das circunstâncias. O pensamento é o início que torna possível as decisões de aceitar ou não aceitar, de fazer ou não fazer, de emagrecer, engordar, estudar, ler um livro ou escolher uma instituição ou simplesmente não escolher. (6)

 

Cérebro: dividido em 3 partes: (7)

  • Inferior – respostas e reflexos de sobrevivência
    • Respiração, batimento cardíaco, e respostas luta e fuga
  • Mediano – emoções e lembranças
    • Recordações experiências – liberação substancias químicas quando ocorreu o evento original
  • Superior (Lóbulo Frontal) – centro de controle – Vontade/Escolhas
    • Valores, atitudes, raciocínio e padrões de vida.

 

REFERÊNCIAS:

  1. MENTE POSITIVA. Julián Melgosa, pag 7 e 8.
  2. 7 PILARES DA QUALIDADE DE VIDA. Moreira e Goursand. pag. 48-51.
  3. TREINAMENTO PERSONALIZADO. Artur Monteiro. pag. 13
  4. MENTE, CARÁTER e PERSONALIDADE. EGW, pag 72.
  5. MEDICINA e SALVAÇÃO. EGW pag 291.
  6. O PSICÓLOGO, O TEÓLOGO E O SAMURAI. Alfredo W. Sobrinho.pag 11
  7. TEMPO DE CURA – Associação Paulistana. pag. 27-28.

5 Passos para uma Vida Ativa

5 PASSOS PARA UMA VIDA ATIVA (QUALIDADE DE VIDA)

 

INTRODUÇÃO

O interesse pela qualidade de vida aumentou significativamente no mundo após 1964, depois que Lyndon Johnson disse a celebre frase de efeito: Os objetivos de nosso governo não podem se basear no balanço dos bancos, mas, sim, na qualidade de vida das pessoas. (1)

 

A Prática de atividades físicas vem sendo utilizada para atingir alguns objetivos, como lazer, melhora da estética corporal e da aptidão física geral, atuando no controle de doenças ou com finalidades especiais e competitivas. (2)

 

Apresentaremos os 5 Passos para uma Vida Ativa e Integrada, onde a conscientização mental e o querer realizar terá seu papel primário. Também analisaremos a reestruturação dos hábitos, alegria e prazer na regularidade saudável, os perigos e fatores que influenciam o sedentarismo e a caminhada rumo ao treinamento integrado para um corpo em harmonia dentro de um novo estilo de vida.

 

REFERÊNCIAS:

  1. OS 7 PILARES DA QUALIDADE DE VIDA. Moreira e Goursand. pag. 11.
  2. TREINAMENTO PERSONALIZADO, Artur G. Monteiro, pag. 13